UBATÃ TEM DÍVIDA DE R$ 4 MILHÕES E SERVIDOR SEM SALÁRIO, MAS PREFEITO QUER MICARETA

Edson Neves

Ubatã, no sul da Bahia, deve R$ 4 milhões em água e energia elétrica e a credores do comércio local, além de não ter pago o salário de abril dos servidores municipais. Apesar desse quadro caótico, o prefeito Edson Neves (PSD) insiste em realizar micareta que custará aos cofres municipais, aproximadamente, R$ 1 milhão (o município aponta R$ 550 mil apenas com bandas).
A situação das finanças do município é mostrada pelo jornal A Tarde em matéria assinada pela jornalista Ana Cristina Oliveira, que ouviu os dois lados da questão – prefeitura e Ministério Público estadual, além de servidores e ambulantes.
O promotor de Justiça Yuri Mello condicionou a realização da festa ao pagamento de débito do hospital municipal e melhorias na unidade médico-hospitalar. A situação precária faz com que por lá sejam atendidos apenas casos de urgência e emergência. Dos 18 leitos do hospital, apenas dois eram ocupados ontem devido à situação de quase abandono do hospital.
A Justiça local já havia determinado, na terça à noite, o cancelamento da festa. O prefeito Edson Neves decidiu recorrer ao Tribunal de Justiça da Bahia para tentar garantir a realização da festa. A decisão é aguardada para hoje. Informações do Pimenta na Muqueca.
Imprimir Imprimir | Enviar Enviar | 195 visualizações

Dê seu voto:
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading ... Loading ...


Comente esta matéria

Spam Protection by WP-SpamFree